13 AUG 18

Após Brizolândia, movimentos populares se reaproximam do PDT

Secretário-executivo da Fundação no Rio, William Rodrigues recebe trabalhadores do “Volta Cobrador”

*Por Fábio Pequeno

Rio de Janeiro, 13/8/2018 – O secretário-executivo da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini no Rio de Janeiro (FLB-AP), William Rodrigues, recebeu, na última segunda-feira (6), um grupo de trabalhadores do Movimento “Volta Cobrador”.

O movimento foi criado para fazer cumprir a lei municipal 6.304, aprovada na cidade do Rio de Janeiro, que acaba com a dupla função, cobrador-motorista.
O grupo de trabalhadores procurou a FLB-AP, após terem visto a Brizolândia de julho, onde os movimentos do PDT denunciavam os desmandos de Crivella e defendiam o impeachment do mesmo.

O prefeito Marcelo Crivella sancionou a lei, mas não regulamentou, com isso, empresas não cumprem a norma. A regulamentação da norma implicaria no retorno e geração de 15 mil empregos diretos, com a volta dos cobradores.

Para William Rodrigues, a Brizolândia cumpre a função de reaproximar o partido dos movimentos populares “A Brizolandia é uma atividade do conjunto dos movimentos sociais do PDT-RJ, coordenada pela FLB-AP que tem caráter de aproximar população das questões da cidade ocupando as escadarias da câmara do vereadores todo dia 12”, termina William.

Eles buscaram o apoio da Fundação, no ato que ocorrerá dia 28 de agosto, a partir das 13 horas, em frente à prefeitura. O movimento é liderado pelo companheiro Valdir e será acompanhado pela juventude Socialista através do companheiro Jean Fernandes, que também participou do encontro.

Galeria de fotos

Bruno Ribeiro

Secretário Nacional de Comunicação da FLB-AP.

COMENTÁRIOS