18 MAR 17

PDT valoriza núcleos de base para expandir mobilização nacional

Resolução define normas gerais para regulamentação e implementação, com representações em todos os níveis das direções do partido

*Por Bruno Ribeiro

Brasília, 18/3/2017 – Os presidentes nacionais do PDT e da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), Carlos Lupi e Manoel Dias, respectivamente, indicaram que o projeto Núcleos de Base, apresentado hoje (18) na Convenção Nacional do PDT, será uma prioridade de longo prazo do partido.

Com uma campanha visual e normatização para regulamentação e implementação, a iniciativa permitirá, a partir da resolução publicada em fevereiro deste ano, a definição de representações em todos os níveis das direções do partido.

De acordo com o documento aprovado pela Executiva Nacional da sigla, os Núcleos de Base, definidos no estatuto, serão constituídos por, no mínimo, cinco membros filiados, que deverão ter, no mínimo, 16 anos. Quando a célula ultrapassar 25 integrantes, o Núcleo será desmembrado.

Respeitando o mandato e a data correspondente às convenções nacional, estadual, distrital e municipal do Partido, incluindo direção provisória, cada unidade de base elegerá um coordenador, que irá representá-la junto à direção executiva municipal do partido. Os representantes municipais definirão o membro na direção estadual e, consequentemente, será apontado um pedetista que terá vaga na direção nacional. Já a manutenção dos nomes escolhidos dependerá da preservação das atividades dos núcleos no âmbito da localidade correspondeste.

A FLB-AP terá ainda a responsabilidade de promover o gerenciamento do projeto, a partir do cadastramento e homologação de cada um dos núcleos em um sistema digital própria. Essa plataforma permitirá o cadastro, analise, aprovação e publicação, com a devida anuência da Executiva Nacional.

Carlos Lupi valorizou o desenvolvimento do projeto de nucleação em todo o país. “O Núcleo de Base, que será organizado pelo partido em parceria com a Fundação, é um órgão fundamental para chegar na ponta. Nesse sentido, a Executiva Nacional aprovou uma resolução que define as bases para o desenvolvimento desse projeto”, indicou.

“Por isso, precisamos nos comunicar para fortalecer o partido. Acessem as nossas páginas, entrem em contato, pois seguiremos evoluindo junto com a nossa militância”, completou.

Mais cedo, Manoel Dias, que também é secretário-geral do PDT, relatou que os Núcleos de Base garantirão a estrutura necessária para fortalecimento e ampliação do partido. “Nossa essência está no povo e nas classes operárias. Por isso, estamos nos organizando para poder chegar até esses cidadãos em todo o país e, assim, interagir para garantir que as bandeiras do Trabalhismo sigam presentes”, explicou.

“Com a onda reacionária que invade o país, precisamos ir para as ruas e defender os direitos. Isso só será possível com o sucesso dessa iniciativa que a Fundação está responsável”, acrescentou.

Para inscrever um núcleo de base, acesse: migre.me/wgqld.

Projeção

A determinação interna do PDT aponta metas arrojadas para a constituição dos Núcleos, que visam levar representações pedetistas para a maioria dos municípios brasileiros.

Segundo o secretário nacional de Núcleos de Base, Luizinho Martins, a estruturação em cada estado garantirá uma integração que levará as bandeiras do partido e do Ciro Gomes, em 2018. “Vamos percorrer o Brasil para montar essas células, que são as sementes do Brasil trabalhista. A campanha visual mostra que o sonho de um país mais justo e igualitário é possível. Vamos juntos”, disse.

Confira o documento, na íntegra, que foi publicado no Diário Oficial da União.

Galeria de fotos

Bruno Ribeiro

Secretário de Comunicação da FLB-AP.

COMENTÁRIOS