17 MAR 17

Movimentos de base do PDT se encontram nesta sexta-feira, em Brasília

PDT Diversidade representa marca vanguardista da legenda

*Por Wellington Penalva

Brasília, 17/3/2017 – Vanguarda é ingrediente indissociável na história pedetista. Presente desde o nascimento do partido, ela foi representada pelo PDT Diversidade nesta sexta-feira (17), na abertura dos congressos e encontros dos movimentos partidários da legenda. A Ação da Mulher Trabalhista (AMT), a Juventude Socialista e o Movimento Negro também se reúnem na tarde de hoje. Encontros acontecem no Hotel Nacional em Brasília, e terminam amanhã (18), com a Convenção Nacional da legenda.

Na manhã de hoje, o PDT Diversidade levantou questões cruciais na luta social, como o desenvolvimento de políticas públicas em defesa da comunidade LGBT.

“O PDT Diversidade está se alicerçando graças ao projeto de nação que temos hoje que é Ciro 2018. Estamos crescendo e conseguindo inserir a pauta LGBT que, hoje, enfrenta a resistência do forte conservadorismo presente na conjuntura política atual. Como sempre, o PDT nunca foge a luta e insere projetos que contemplam as nossas pautas, por meio dos deputados pedetistas”, avaliou Amanda Anderson, presidente do PDT Diversidade.

O presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, reforçou o comprometimento e o apoio irrestrito do partido à causa. “Brizola nos deixou a herança da luta pelo brasileiro e pelo bem social. Nos movimentos, no Congresso e em qualquer lugar que a gente esteja, temos a obrigação de lutar por igualdade. O foco do nosso partido é, e sempre foi, o ser humano”, afirmou Lupi.

Manuel Dias, presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) e secretário-geral do PDT, também falou sobre a batalha pela inserção da população LGBT na sociedade. “Nós estamos em processo de luta e busca da preservação do direito de todos os cidadãos, independente das suas opções, sejam elas quais forem”, atestou.

Em seguida, o secretário-geral do partido deu o caminho das pedras. “Para isso, a organização é fundamental. Com os movimentos, como o da Diversidade, fortaleceremos o partido e avançaremos nas conquistas. Por sua história e compromisso, o PDT é um partido preparado para ocupar a liderança da esquerda no país, pois na política não existe espaço vago”, concluiu.

A primeira reunião do evento contou, também, com a presença de parlamentares e outros líderes trabalhistas, dentre eles os deputados federais André Figueiredo (CE), o líder do partido  na Câmara, Weverton Rocha (MA), e Julião Amin (MA).

Agora à tarde, acontece a reunião da JS e os congressos da Ação da Mulher Trabalhista e do Movimento Negro. Dentre as liberações, será realizada a eleição da Direção de ambos os movimentos, palestras e apresentação dos relatórios das atividades regionais.

Convenção Nacional

Neste sábado, a partir das 10h, acontece a Convenção Nacional do PDT, com a eleição do Diretório Nacional e a análise da conjuntura, como as reformas da Previdência e Trabalhista. O encontro contará com a presença de toda a direção nacional do partido e membros do Diretório Nacional, como senadores, deputados federais e presidentes dos movimentos partidários, para eleição dos membros da Executiva Nacional.

Com informações do PDT Nacional.

Bruno Ribeiro

Secretário de Comunicação da FLB-AP.

COMENTÁRIOS